30 de jun de 2012

Frases de Roberta Pardo

  1. Agora não, eu tô muito ocupada ... Respirando! 
  2. Quando se trata de ter a cabeça vazia a Mia ganha o concurso com a mão na cintura!
  3. Mamãe se você não me contar o que esta fazendo com a Mia eu vou até a imprensa e digo todas as suas plásticas secretas!
  4. Mamãe você passou ou tomou o perfume?
  5.  Eu prefiro passar a noite no Castelo do Conde Drácula! La eu me sentiria segura!
  6. E pra que existi as regras? Pra violarmos!
  7. Não me diga que seu único neurônio teve filhotinhos!
  8. As coisas passam até uva passa!
  9. Não sou notícia ruim, mas vou voando! 
  10. Um bonequinho de vudu seria uma obra de arte, porque se eu fizer idêntico ao Diego ai quando me encher o saco eu espeto o traseiro!
  11. Se não existe justiça, nós vamos fabricá-la!
  12. Seu pai é tão grosso com a sua mãe ... Ele é grosso em outras coisas também? 
  13. Não se engane, porque de imbecil o Diego só tem cara mesmo ... 
  14. Se eu disser que vai chover, pode abrir o guarda-chuva!
  15. E você acha que eu não tenho coragem de quebrar a cara desse garoto? Tenho vontade de quebrar a cara e arrancar aqueles dente 1 por 1 mais eu não posso.
  16. Os animais que me perdoem, mas ela é uma cachorra!
  17. Vem cá, você é idiota de nascença ou aperfeiçoou com o tempo? 
  18. Pode dizer ao Hitler que eu já cheguei?
  19. Essa risada é de uma hiena ou é da minha mãe?
  20. Quem você pensa que eu sou? A Madre Teresa de Calcutá, e  vou salvar o mundo?
  21. Mia, no lugar de cérebro você tem isopor? 
  22. Prefiro ir caminhando pela avenida só de calcinha do que ir com você! 
  23. Pela primeira vez ponha em prática o único neurônio que funciona!
  24. O maior exemplo de desconexão cerebral, Mia!
  25. Mãezinha porque não joga gasolina em mim e acende um fosforo se quer me queimar não precisa me abraçar na frente de todo mundo!
  26. Quando estou com os piores problemas ... Eu sempre tenho as melhores ideias!
  27. A Willy não pode ser, a minha baleia preferida não vou deixar que brinquem com ela! (Quando estavam zuando da celina) 
  28. Será que aqui não tem gente que pensa?
  29. Por acaso eu sou o Bin Laden para botarem a culpa toda em mim!
  30. Tá vendo mãe todos botam a culpa em mim 
  31. Calma Free Willy, não é por aí as coisas! 
  32. O que foi agora? Ela perdeu o outro neurônio, só pode né!
  33. Roberta: E aí, como foi com o velhinho? Alma: Não fale assim é seu pai ... Roberta: Se ele parece meu avô, a culpa não é minha é sua!
  34. Roberta:  O papo é com o meu namorado, vai ver se pega uma vaca lá fora! Giovanni: Primeiro a Celina não está aqui!
  35. Roberta: Eu preciso do dinheiro do cheque da banda. Diego: Pra que? Roberta: pra comprar roupas intimas!
  36. Roberta: Por favor não me coma!!! Celina: Não se preocupe Roberta eu já jantei e além do mais eu não gosto de lixo!
  37. Alma: Precisamos ter uma conversa de mulher para mulher ... Roberta: Porque, como conversávamos antes? De gorila para gorila?
  38. Roberta: O que aconteceu? Mia: Quete ... Roberta: O que é isso? Mia: Que te importa!
  39. Estevão: Eu tenho o prazer e a honra de apresentar a D. Hilda Costa. Ela vai dar aula de história de hoje em diante. Roberta: Uma professora de história ou uma sobrevivente do Titanic?
  40. Quem aquela Barbie de plástico pensa que é?
  41. Professor: Não Diego, isso é constituído por dois volumes iguais. Roberta: Igual o silicone da minha mãe!
  42. Eu já fui vacina contra idiotice. Então mesmo que eu vá ao seu lado não vou pegar!
  43. Joaquim: Roberta dessa vez você exagerou quase fraturei a coluna. Roberta: Mas ... como? Os vermes não são invertebrados?!
  44. Madariaga: Mia? Mia estou falando com você, algum problema? Mia: Não, eu to bem! O problema é ... Roberta: É que o único neurônio que ela tem dormiu professor!
  45. Sol: Roberta, Roberta, Roberta, Roberta!!  Roberta: Que? Sol: Acabei de ter uma ideia incrível! Roberta: Você sozinha!
  46. Como pode caber numa coisinha tão pequenininha tanta estupidez (Falando da Sol para Josy)
  47. Celina: Nunca tivemos uma piolhenta como você no colégio! Roberta: É sério? Olha como eu tenho de sobre, eu te dou um ... Mas não come tá?
  48. Josy: Eu que fui mordida pelo cachorro e é você que fica com raiva? Roberta: Por que? Josy: Como porque? Você está maluca! Roberta: Então eu vou te morder!
  49. Gandía: Você não acha Roberta, que seus amigos estão grandinhos para brincar com isto? (uma bola) Roberta: Claro que sim, mas explique isso para minha mãe ... Porque ela gosta de diminuir a idade dela e a de todo o mundo.
  50. Josy: Droga ! Não entendo nada, Sempre fui ruim ... Roberta: Falando em coisas ruins, chegou uma! Amiga, um fio de cabelo fora do lugar ... 
  51. Pardo: Eu sou o pai da Roberta! Roberta: Quem doou o espermatozoide melhor dizendo.
  52. Eu estou começando a achar que em vez de cérebro você tem testículos na cabeça! (para Joaquim)
  53. Você tem sorte que eu sou membro do greenpeace e sei que os rinocerontes brancos estão em extinção, se não eu acabava com você! (p/ Celina)
  54. Vai contar os pelinhos que você já tem no peito, vai! (Diego)
  55. Ai, Celina, onde você arruma suas amigas, no Castelo do conde Drácula?
  56. Queridinha, acho que vi sua mãe no pasto ...
  57. Paola: Quem são vocês? Roberta: Somos as meninas super-poderosas não tá vendo, minha filha!
  58. Aeeee chegou a alegria da turma!!! (quando ela da casa do pai) 
  59. Meu filho, você ta achando que eu sou CD pra passar de mão em mão?
  60. Ta esperando o que? O outono?
  61. O que elas estão fazendo ali? Vão dar uma aula de como pensar sem cérebro? (Mia, Vick e Celina)
  62. Gente, que milagre, ela pensou! (Mia)
  63. Já descobri, você não gosta nem de meninos, nem de meninas, você prefere os ursinhos de pelúcia,que tem o mesmo quociente de inteligência que você néh? (Mia)
  64. É claro que você defende a Mia ... Vocês vieram do mesmo plástico! (Diego)
  65. Sabe o que você faz com o seu trabalho? Um lindo supositório de história, meu amor! (Diego)
  66. É que eu tinha tomado um remédio para não vomitar, então te beijei para ver se funcionava mesmo! (explicando o beijo para Diego)
  67. Essas baleias de hoje!
  68. Seu nariz cresceu, Pinóquio! Posso ser a fada madrinha? (Diego)
  69. Por que você não cala a boca? Calado você é mais bonito! (Diego)
  70. Ah, queridinha, eu não sabia que o único neurônio que você tinha estava morto ... Sinto muito!
  71. Você está mais sozinha que uma freira em congresso de prostitutas! (Alma)
  72. O que você bebeu? A mesma coisa que a Mia bebe todas as manhãs pra ficar tão estúpida?
  73. Será que ela perdeu o brócolis que tinha na cabeça dela?
  74. Será que você está programada pra falar besteira? Porque é só abrir a boca!
  75. Você acabou de congelar o último neurônio que tinha com a neve!
  76. Diz aí, qual foi a última rebeldia que você fez depois de pintar as unhas, neném?
  77. Alma: Estava com saudades, filhinha! Roberta: Eu não. Matei minhas saudades quando te vi hoje de manhã na TV Rural!
  78. Mia: Que roupa eu uso para a manifestação? Roberta: Putz, já era o último nerônio dela!
  79. Celina: Me empresta suas anotações de química? Roberta: Pode pegar, só não pode comer!
  80. Alma: Filhinha, você não sabe o que aconteceu!  Roberta: O que foi? Estorou o silicone?
  81. Mia: Desculpa eu não pensei ...  Roberta: Também, pedir pra Mia pensar já é demais!
  82. Quem abriu a porteira? As vacas estão fugindo!
  83. Porque não usa o pouco de cérebro que te resta e para de beber? (para Diego)
  84. Paola: Roberta, o que está fazendo aqui? O que você quer? Roberta: Estou falando com o dono do circo e não com o macaco.
  85. Nunca na minha vida ia entrar no quarto desse garoto tenho medo que a idiotice seja contagiosa!
  86. Queria que os neurônios dele derretessem, os miolos escorressem pelo nariz e pelo ouvido, depois pelas pernas dele, ai ele caia, batia com a cabeça, e sujaria o cabelinho loiro oxigenado dele.

Roberta: Miguel, olha foi mal mais posso falar com você?
Mia: Pode falar na minha frente querida, nós dois não temos segredos
Miguel: É
Roberta: Sei, tem razão. Alias, com o único neurônio que te resta não acho que entenda nem a metade do que eu vou dizer!
Mia: Não me trate mal, Miguel diz pra ela que eu to sensível!
Miguel: Pega leve Roberta.
Roberta: E agora? O que aconteceu? Será que surgiu uma verruga ou caiu uma unha. O que foi agora?
Mia: Não, o que eu tenho não acontece com qualquer uma tá querida.

Roberta: Hã, fique sabendo que o meu temperamento é mais que calmo, é quente ok e na boa psicólogo nenhum porque isso é um castigo pra mim e eu não to loca ouviu, não to loca, não to loca, não to!!
Alma: Essa é a Roberta!


Roberta: Não, não. Um momentinho, um momento. Me disseram pra expressar o que eu penso sobre os adultos e é isso que eu penso se afogam no próprio cocô!
Alma: Roberta você tem que usar uma linguagem mais rude meu amor.
Roberta: Ok se afogam no próprio excremento!
Pascoal: Cala a boca!
Roberta: Na própria caquinha então!


Roberta: Ai não o que é isso?
Marcelino: São coisas do Diego.
Roberta: Não, aquele imbecil não tá pensando em se instalar aqui!
Diego: Conlicensa, porque não vou deixar por acaso. Esse lugar é ideal para mim!
Marcelino: É mais essa é a minha casa!
Diego: Seu esconderijo melhor dizendo!
Roberta: Pera aí, calma deixa comigo Marcelino fica tranquilo.
Diego: Vem cá Roberta, princesa porque não diz a esse anão que quanto você como ele tem que fazer o que eu mandar pra ele parar de me chatear tá (beijo).

Roberta: Diego, você estabelece seus próprios limites, é só questão de correr atrás. Olha pra mim, eu faço o que me dar na telha. 
Diego: Da pra perceber ... Roberta, tem que entender que você é maluca. Eu tenho que admitir que as vezes é contagioso. 
Roberta: É verdade? 
Diego: É, pior que é. Quando estou com você ... a maneira como fala, sei lá, me faz entender que é possível. Roberta: Claro que é possível ... Imagine que, que não tem ninguém ao nosso redor, e faça o que você tiver vontade. Faça o que sente aqui ... por exemplo, o que tem vontade de fazer agora? (eles se beijam)


Roberta: Sabe o que é? É que uma caxumba mal curada pode ir para os testículo e causar ... você sabe, problemas de performance ...
(Mais tarde conversando com Josy)
Josy: Mas será que engoliu a história?
Roberta: Ele já engoliu, teve indigestão e a essa hora deve estar vomitando!

Créditos: Por Siempre Rebelde

4 comentários:

  1. Se tivesse em quais capítulos ela falou cada frase, seria perfeito para eu montar as dublagens para esse App novo DubSmash. 😐

    ResponderExcluir